Assopros surpresos


Ás vezes permaneço com as palavras empoeiradas em minha memória. Quando se soltam, se espalham um pouco enferrujadas, sem refúgios afinal. Ás vezes pode assoprar silêncios entre as entre linhas que ocupa histórias mal terminadas e contos por terminar. Um pouco de vazio entre elas que em contínuas demonstrações ao destinatário, se faz silêncio, que a não entende e desdém. Às vezes a poesia em coberta de amor se faz grande, só mesmo pra quem lê com a alma, mesmo que pequena. As faces figurativas que encontramos nas saudades entre os momentos rabiscados em velhos rascunhos. E os momentos afinal, que reprisam nas palavras de murmúrios e felicidades.

Algumas palavras em verdades passam sem entender, mesmo quando temos muito que dizer. Parecem que vão com o vento para determinados lugares fantasiosos, onde a ilusão culmina o espaço da inspiração, que logo me vem a “imaginar”. Me pego no espaço para trilhar de letra em letra as palavras, e começo a fantasiar, como se fosse verdade. Aonde palavras em um assopro surpreso da inspiração vem ao meu encontro. Então se cria poesia, metáforas e meu mundo, que apesar de pequeno, me faz grande, após encerrar o ponto final.

10 comentários:

William disse...

Seus textos a cada dia que passa estão mais incríveis amor. Parabéns!

Carol Barboza disse...

Lindo lindo, Ana! Você tem o dom... De encantar :) Adoro guardar palavras na memória pra depois escrever, inspirar a mente e 'aumentar' o meu mundinho com mais fantasias.
Beijo e ótima semana pra vc querida
 Just Carol

Sâmi C. disse...

Oie!!

Seu blog é muito lindo, repleto de conteúdos incriveis :)
E já estou seguindo, é claro!

Ficarei muito feliz se puder visitar e seguir o meu também!
Tem sorteio rolando!!

Tenha um lindo final de semana!
Beijo grande.

samifobia.blogspot.com

Luiza disse...

Palavras tem esse poder de nos revelar e fazer um bem incrível, porém, há o revés de nos machucarem quando não pensadas e apenas ditas.
Teu blog tá lindo, beijão

martasousa disse...

é mesmo.

Dani Regis disse...

Lindo, lindo Ana!! Seu blog me transmite paz!
Besos de Buenos Aires
Dani

PauloSilva disse...

Sempre bela a sua maneira de escrever. Simples mas pura. Bem escrita, perfeita. Um grande beijo!
ps: Seguindo no twitter!

c. disse...

sempre tão doces os seus comentários. muito obrigada!

Ira Buscacio disse...

Aninha, na poesia há um universo pra gente ser!
Faz um tempinho que não vinha, pq não conseguia acesso, mas finalmente parece que a coisa entrou nos eixos.
Um bjão

Carol Barboza disse...

É engraçado, porque eu nunca pensei em amizade virtual como algo 'viável'. Mas quando comecei a bloggar, descobri que era super possível. Tenho um carinho enoorme por minhas leitoras e vc é sem dúvida muito especial, Ana! Já considero amiga mesmo... Cada recadinho que você deixa, é uma SUPER motivação pra mim, acho super válida essa troca de inspirações, ideias e pensamentos. E não quero mesmo perder essa troca do Just Carol com o seu cantinho, que é tão doce e acolhedor. Gosto muito daqui, muito obrigada pelo carinho :)
Beijo e ótima quarta-feira pra vc
 Just Carol

Postar um comentário

Sua opinião é importante e valiosa. Obrigada por visitar!