Um ano de blog!

Já enraizadas estava toda minha fascinação.

Havia já desde muito menina,
fascinação pela leitura, e as palavras como companhia. Pra qualquer pedaço de papel minhas palavras eram destinadas: a versos com rimas tão batidas, cartas de amigos ou pra qualquer paixão que deixasse os meus olhos pêndulos e brilhando, à seu diário preferido. Uma primeira coleção de historinhas pra contar, e a descoberta que as faria ir a qualquer lugar, permanecendo ali, com sua mesma infância, e participando como se fosse personagem. Cresci com a mesma raiz e junto a poesia ia ficando melhor e minhas palavras amadureciam com meus pensamentos. Comecei brincando de ser escritora, com uma participação da minha poesia no primeiro livro da escola. Minhas palavras então começam a fugir de mim, e minha imaginação corria pro espaço do papel.

Daí então resolvi criar esse blog, pra que eu pudesse deixar o lápis e o papel. Mas aqui é quase tão simples, mesmo um pouco moderno me sinto ainda enraizada, com minha mesma alma quando descobri minha fascinação pelas palavras. E pra isso encontrei descobrir por aqui, a mim, pra que eu pudesse guardar e observar de alguma maneira meu desenvolvimento. E além de descobrir a mim, descobri e conheci outras pessoas, com outras raízes, outros sonhos, outros gostos e outras memórias. E sem querer nos esbarramos e na intimidade das nossas escritas acabamos nos sentindo próximos. E aí começo a perceber, que minhas palavras não ficaram apenas por aqui como um baú memoriador.

Meu "eu particular" invade sem querer quase todos os textos. "My litte world" (Meu pequeno mundo), que apesar de grande para muitos, às vezes me parece tão pequeno. E é aqui que me encontro. Mesmo na hora de  "imaginar" outras coisas, me vejo baseando um pouco do meu eu fantasioso, e fugir de mim assim, às vezes é tão mais eu, quanto estar em mim. Então imaginar se torna prazeroso.

Um ano passou tão rápido,
foi uma companhia de descoberta, e o que eu pensei que seria como que "engavetado somente" me fez aprender e desprender o que eu não conhecia.  Obrigada aos seguidores, aos leitores sempre fiéis (nem sei como retribuir tanto carinho, muito fofos). Aos que não comentam, mas me vêem, e me dão motivação, me diz pra seguir e sinto uma convicção tamanha. As críticas construtivas que recebi, aos elogios. Aos que passam, e não deixam rastros, mas de alguma forma, visitam. Aos meus amigos e amigas. E aos suspeitos ao dizerem sempre bem das minhas palavras: Minha família, em especial meu irmão Lucas (Disse pra não esquecer de mencioná-lo pois é o autor da ideia do nome pro blog, tá gente?)/sorriso. E ao meu namorado, leitor fiel, lindo e fofo. E mais que críticas e elogios, são opiniões valiosas, por isso sou muito grata a vocês que fizeram parte do meu pequeno mundo. Não se percam de mim!

Desejo, então... Que minhas palavras fiquem de pé e que a poesia percorra minha alma sempre. Que eu aprenda a não ter pressa pra encerrar histórias. E que eu não deixe de escrever, nunca. Pois pra mim, as palavras não se cansam, e não tem porquê se cansar delas...

Gostaram da nova carinha do blog? Espero que tenham gostado. Ganhei o lay da Mary (super fofa), do blog Cara de Nuvem. Eu amei!  Obrigada por estarem comigo. Um beijo doce, Ana.

13 comentários:

Bruno Angeli (Reqqiem) disse...

Parabéns minha querida!

Que seu «eu específico» continue amadurecendo e se encontrando, se reconhecendo, naquilo que faz, no amor pelas palavras. Sou um fã declarado de seu blog, o melhor que li em 2011.

Acredito que o trecho que citarei abaixo reflete muito bem quando você fala em raízes e em ter se encontrado ou se reconhecido através dos textos, através do gosto pelas palavras, de se sentir una com sua alma quando faz o que gosta. Bergson escreveu no célebre Les Donnés Immediates: «Somos livres quando os nossos atos emanam da nossa personalidade inteira, quando a exprimem, quando têm com ela essa indefinível semelhança que se encontra por vezes entre a obra e o artista».

Felicidades ...

Moni Abrao disse...

Adorei as mudanças no layout do blog!
Parabéns ^^ que venham muitos e muitos anos repletos de suas palavras maravilhosas!
Sucesso ^^
Beijos

Fique mais um segundo... disse...

Oi, Ana, boa noite!!
Um ano é uma infinidade nos projetos e um segundo na lembrança. A enorme vantagem das formas de registro está em que o registro dos projetos, dos sonhos, das rimas, inibe a lembrança de minimizar-se, expande o que vivemos ao tamanho quase natural.
Parabéns pelo registro de um ano de sua vida. De um doce ano, com parentes, com namorado, com amigos, com leitores, seguidores, passantes, chatos (pois até eles estão inseridos)...
Parabéns pelo layout. Está, como você diz, muito fofo.
Abraço carinhoso
Doces sonhos
Leo

Marcus Natir disse...

Um ano de blog? Muito tempo. Parabéns pelas escritas! Tudo de bom.

Dayane Pereira disse...

Amei o novo visu, ficou mais fofo, mais sua cara.
E quanto á escrever, vc sempre escreveu bem, desde que achei seu blog por aí.. e esse texto definitivamente prova seu amadurecimento no mundo blogueiro. Parabéns!

Inercya disse...

Que doçura! Parabéns pelo blog, Ana! Seu pequeno mundo está crescendo e isso eu sei porque vejo. Então, não deixe ele diminuir. Semeie, plante tudo de bom nele. Deixe que ele cresça sempre mais.
"as palavras não se cansam, e não tem porquê se cansar delas..." - concordo muito. (:
:*

Juliana Stott disse...

Parabéns por um ano de conquistas, sentimentos expressados no blog, de textos lindos e de muitos leitores. Continue sempre seguindo essa paixão pelas palavras, você vai longe!

Beijo!
Ju.

Carol Barboza disse...

Que linda, amiga! Parabéns por um ano de blog... O novo lay está lindo, amei. Precisa desejar sucesso? Com palavras tão lindas e meigas... Acho que não, né?! Com certeza vc terá, e eu estarei sempre aqui :)
Beijo e ótima sexta-feira pra vc
 Just Carol

Luana Espindola disse...

Ana querida,
Quanto tempo não venho visitar seu blog. E pelo o que vi, de algum forma, você conseguiu fazer com que fique ainda mais encantador né?
Amei o novo layout, bem mais feminino aliás rs Fofíssimo.
Gostaria de dar os parabéns, por 1 ano de blog. Você é uma poeta sem igual, adoro seus textos e a forma como dança com as palavras. Pra mim também foi assim. No começo, era só um blog... Mas depois de um tempo, parece que vira parte da sua vida não é mesmo? Deixar de alguma forma, as palavras, pensamentos e ideias guardadas em uma página compartilhada na internet. Te faz aprender, como você mesmo disse. É muito gostoso.
Concordo totalmente com você, apesar de longe, me sinto bem próxima à você. Acho que se morasse aqui em São Paulo, ou vice-versa seríamos grandes amigas, não acha?
Amo cada comentário fofo que deixa no meu blog. Você sempre consegue abrir-me um sorriso. Também desejo de todo o coração, um 2012 repleto de realizações, felicidades e afins. Você é muito linda. Nunca pare de escrever, nem desista do blog.
Um super beijo de sua amiga e leitora,

Luana Espindola

O SENHOR DO TEMPO disse...

Venho lhe desejar um maravilhoso
início de semana e prestigiar vosso artigo.....
parabéns pelo blog
grande abraço

bruno

O SENHOR DO TEMPO disse...

Sua beleza externa é igualmente linda como a tua sabedoria.....bela moça.....

bruno

Dαiαne αtαnαsio disse...

Ola Ana, estou visitando o blog hoje pela primeira vez e gostei muito de suas palavras e pensamentos, percebi que você leva jeito com isso, afinal como escrito na postagem de hoje .. esta fazendo um ano de Blog PARABÉNS :D fica com Deus !
Com carinho Daí :*

Ninha disse...

Tenho absoluta convicção de que não fui a unica a me identificar com a sua jornada "no mundo das palavras". Todos nós, que despejamos nossas palavras - e entrelinhas - nos blogs, sabemos e entendemos bem até demais o que você etá falando. E que em 2012 você continue firme e forte com o seu pequeno mundo aqui, porque palavras tão especiais quanto as suas não podem se perder nem ser achadas em qualquer lugar.
Um beijo, sua chará. :3

Postar um comentário

Sua opinião é importante e valiosa. Obrigada por visitar!