Saudade

Saudade a dentro, e não será necessário que eu jogue fora. Um colapso surpreendente, meio mágico. Você bem sabe que somos existentes e perversos, na maneira de brincar, e ao mesmo tempo tão ingênuos. Sua lembrança me faz integrar e dessinterrar as memórias. Me faz perder de mim, pra encontrar com você. Você despreocupado nem se interessa em saber de onde vem a calma da história. Meu desespero é interno, e você entenderia caso vasculhasse meu interior maduro. Não que eu me esconda por trás de outras máscaras, mas coisas que você ainda não conseguiu perceber são as que mais me fazem falta. Por enquanto vou rabiscando alguns versos e ficando sobre meu sorriso meio fosco e aparentemente apreensivo por sua chegada. Sei que vem e onde está. Reclamo do tempo acelerado, mas ele é bom pra saudade que tem dia certo pra voltar.

11 comentários:

Carol Barboza disse...

Ah, saudade. Esse sentimento tão forte, tão indeciso... Dizem que é bom sentir saudade, mas não por muito tempo. Eu gosto de saudades assim, com dia certo pra voltar! Lindo texto, Ana.Beijo e ótima sexta-feira pra vc querida
 Just Carol

Inercya disse...

É bom sentir saudades, daquelas que a gente sabe que vai ser saciada. :)

atelierdaspalavras disse...

Lindo texto, Ana. Saudade é mesmo algo ambíguo. Gostoso e ao mesmo tempo dolorido.
Adorei o blog.
Sou nova por aqui, gostaria muito de uma visita sua pelo meu blog.

Beijos

Taa L disse...

flor! hoje começa um concurso de fotografia em meu blog, onde 3 blogs vão ganhar e vou divulgar aqui e nas minhas redes sociais por 1 mês.
se curtir, participa lá^^

beijos

www.cerejarocks.com

Bruno Angeli (Reqqiem) disse...

'Se tu vens às quatro da tarde, desde às três eu começarei a ser feliz...' Antoine de Saint-Exupèry

Marcus Natir disse...

A saudade faz bem pra quem sabe tê-la.

Dayane Pereira disse...

Eu gosto de sentir saudade, de me deixar sentir saudade. Estar sempre junto é ruim por causa da saudade (falta de). O bom da distância é despertar esse sentiimento para o momento do encontro.

Carol Barboza disse...

Oi Ana! Tô passando pra te desejar uma ótima semana, viu :) Muito obrigada pelo carinho lá no blog.
Beijo flor
 Just Carol

Moni Abrao disse...

Saudade!! Palavra forte essa!
Lindo texto, bem real também, afinal quem nunca sentiu saudades?! Adorei^^

Ninha disse...

Já disse que eu me perco nas suas palavras? Pois é. Mergulho na imensidão delas e não tenho a mínima pressa de voltar à tona. Escreves bem demais. :3

Letícia disse...

Ah, essa saudade às vezes é torturante! Mas quando ela cessa, é tão doce! *-*

Um beijo querida. :)

Postar um comentário

Sua opinião é importante e valiosa. Obrigada por visitar!