Nostalgia


Ainda que flores,
sinto o vento
cortar as pétalas.

Ainda que a chuva venha molhar,
é seco as folhas do tempo.

Ainda que o céu venha luzir seu azul,
a alma esqueceu de sorrir.

2 comentários:

Brunno Lopez disse...

Nem sempre se pode ver o mundo através de sorrisos ou dias ensolarados.
Bela perspectiva.

Thaís disse...

E a nostalgia sempre tem esse gostinho, não é mesmo?

Postar um comentário

Sua opinião é importante e valiosa. Obrigada por visitar!